Bem vindo ao site do STRUP

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo de 2018

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
scroll back to top
Actualizado em Sexta, 15 Dezembro 2017 12:16
 

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DE LISBOA

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

suspenso da greve rl

Após a realização dos plenários nos passados dias 6 e 7 de dezembro do ano em curso, a FECTRANS, entendeu suspender a greve que havia sido marcada pelos trabalhadores para o dia 15 de dezembro.
Tal suspensão tem por objetivo reorganizar de forma mais atempada, a próxima forma de luta a realizar pelos trabalhadores.

LER COMUNICADO COMPLETO



scroll back to top
Actualizado em Quinta, 14 Dezembro 2017 21:57
 

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DE LISBOA

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DE LISBOA
NOVEMBRO 2017

PROPOSTAS DOS TRABALHADORES TOTALMENTE REGEITADAS

Na segunda reunião de conciliação, realizada no dia 20 de Novembro, na Direcção Geral para as Condições de Trabalho, para alem dos representante do Ministério dos representantes da empresa, dos representantes da Fectrans esteve também presente um representante da Comissão de Trabalhadores.
Nesta reunião, a Fectrans reiterou as suas propostas:
De uniformização das condições de trabalho de todos os trabalhadores da Rodoviária de Lisboa;
De revisão das condições especificas dos trabalhadores cuja relação colectiva de trabalho resulta das condições gerais determinadas pelo decreto-lei nº12/90 ou seja, o antigo acordo de empresa da Rodoviária Nacional, EP.
Ambas as propostas foram rejeitadas liminarmente pelos representantes da empresa.

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 23 Novembro 2017 14:16
 

AOS TRABALHADORES DA VIMECA / LT

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
vimeca

para os motoristas de pesados
NÃO AO AUMENTO DA IDADE DA REFORMA

No 10 de novembro, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentraram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da atividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização
Logo após esta alteração, a FECTRANS e os seus sindicatos no sector iniciaram uma linha de contestação através de exposições ao governo e grupos parlamentares e também na forma de uma petição pública já entregue.
O grupo parlamentar do PCP informou-nos que decidiu avançar com um projecto de resolução para repor o limite da actividade aos 65 anos e uma recomendação ao governo para a aprovação de um regime especial de reforma destes profissionais. O BE deu-nos conhecimento de uma pergunta sobre a matéria, à qual o governo respondeu desta forma:

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Terça, 14 Novembro 2017 15:55
 

AOS MOTORISTAS DE PESADOS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

camio.tir MOTORISTAS DE PESADOS

No próximo dia 10 de Novembro, às 10h, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da actividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização.
Logo após esta alteração, a FECTRANS e os seus sindicatos no sector iniciaram uma linha de contestação através de exposições ao governo e grupos parlamentares e também na forma de uma petição pública já entregue.
O grupo parlamentar do PCP informou-nos que decidiu avançar com um projecto de resolução para repor o limite da actividade aos 65 anos e uma recomendação ao governo para a aprovação de um regime especial de reforma destes profissionais. O BE deu-nos conhecimento de uma pergunta sobre a matéria, à qual o governo respondeu desta forma:

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 09 Novembro 2017 21:25
 

AOS TRABALHADORES MOTORISTAS DE TÁXI

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

POR UM SECTOR COM TRABALHO E DIREITOS

O sector do Táxi tais como os das plataformas digitais (Cabify e Uber) e também dos “tuk-tuks”, etc. caracterizam-se por relações de trabalho desregulamentadas, muitas vezes ilegais, em que os patrões fogem a cumprir as suas obrigações, transferindo para os trabalhadores toda a pressão da concorrência selvagem e desleal que existe.
É um sector em que falta regulamentação eficaz para a sua actividade e com mecanismos de fiscalização, que não se limitem apenas a fiscalizar as infracções dos trabalhadores, mas também e, prioritariamente, as práticas das empresas e nomeadamente o cumprimento das obrigações que estas têm para com os trabalhadores.

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 09 Novembro 2017 21:05
 

AOS TRABALHADORES DA CARRIS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

É IMPERIOSO O AUMENTO DOS SALÁRIOS

Realizada mais uma reunião com a administração, no passado dia 3 de novembro, estando já assente a concordância do CA com algumas das propostas sindicais, subsiste a discordância em pontos fundamentais e que para a FECTRANS para além da manutenção de todos os direitos existentes se resumem a duas questões determinantes: A necessidade de um aumento real dos salários - se chegássemos a 2019 sem qualquer atualização nesta matéria seria o 10 º ano de recuo salarial, tendo presente as taxas de inflação e os custos com bens essenciais à vida dos trabalhadores.

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 09 Novembro 2017 20:56
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 1 de 14
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Autenticação


Faixa publicitária

Vamos ao Circo...

Faixa publicitária

Utilizadores on-line

Temos 11 visitantes em linha

DESTAQUES FECTRANS

Motoristas: Não ao aumento da idade de reforma
No próximo dia 10 de Novembro, às 10h, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da actividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização.

DESTAQUES CGTP-IN

O aumento dos salários é um investimento com retorno garantido
os últimos dias muito se tem falado na actualização do Salário Mínimo Nacional (SMN). Uma realidade que marca a vida de 23% dos trabalhadores cujo rendimento líquido não chega aos 496€ mensais. Um salário próximo do valor do limiar da pobreza (439€) e longe do rendimento adequado (783€) que uma pessoa em idade activa deveria receber mensalmente.
600€ de SMN – Um dever do Governo – Um direito dos Trabalhadores!
No momento em que se aproxima a discussão do Salário Mínimo Nacional para 2018 é importante relevar que compete ao Governo, de acordo com a Constituição da República Portuguesa (artigo 59º, nº. 2) e com a Lei, estabelecer a actualização do SMN, depois de auscultar os parceiros sociais. Neste sentido e tendo presente a importância da actualização do SMN e dos salários em geral para melhorar as condições de vida dos trabalhadores e das suas famílias, bem como o desenvolvimento económico e social do país, a CGTP-IN apresenta 10 razões para que a efectivação dos 600€, em Janeiro de 2018, seja uma realidade:

..:: Protocolos STRUP ::..