Bem vindo ao site do STRUP

AOS TRABALHADORES DO SECTOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

pastarchives  NOVO CCTV PARA OS TRABALHADORES DO SECTOR PRIVADO DE TRANSPORTE PESADO DE PASSAGEIROS

Foi publicado no BTE. Nº 48 de 29 de Dezembro de 2015, o novo CCTV que vai ser aplicado aos trabalhadores que prestam actividade no sector privado de passageiros e que se encontram filiados no STRUP.

Aos trabalhadores filiados noutros sindicatos não se aplicam os novos valores e assim se manterão até que os seus sindicatos fizerem novo acordo com a ANTROP, o que pode levar anos a acontecer. A não ser que venham a subscrever o CCTV acordado entre a ANTROP e o STRUP.

Aos trabalhadores não sindicalizados, podem através de declaração para o efeito, solicitar que lhes seja aplicado este novo CCTV. No entanto importa esclarecer que a forma mais segura é a sua sindicalização no STRUP.

Estes trabalhadores, pelo facto de não estarem sindicalizados e usufruírem do novo CCTV, pode o STRUP, a curto prazo, reclamar o reembolso referente às despesas administrativas realizadas por esta organização, nos termos da lei

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
 

AOS TRABALHADORES DA TST

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

PROCESSO DE REVISÃO

A FECTRANS, havia apresentado á TST, uma proposta de atualização salarial para o ano de 2016 de 4 %, não podendo ser inferior a um aumento nominal de 40 € por trabalhador, de acordo com as decisões tomadas pelo plenário de sindicatos da CGTP-IN.

No passado dia 14 de Dezembro, a FECTRANS, reuniu com a representante da administração da empresa, tendo esta ficado de apresentar uma contraproposta até o próximo dia 7 de Janeiro, dia em que se realiza a próxima reunião.

OUTRAS SITUAÇÕES

Entretanto, aproveitando a referida reunião, a FECTRANS conhecendo algumas situações que de alguma forma prejudicam os trabalhadores, reclamou junto da representante da empresa a sua correção.

scroll back to top
Actualizado em Terça, 22 Dezembro 2015 12:33 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DA BEIRA LITORAL

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

PONTO DE SITUAÇÃO

  1. As negociações com a administração da RBL, haviam sido suspensas, porque entretanto a FECTRANS encontrava-se a negociar um CCTV, para aplicar à generalidade dos trabalhadores do sector privado de passageiros.
  2. No mesmo período a administração da RBL solicitou a caducidade do Acordo de Empresa cuja publicação veio a ocorrer em Novembro do presente ano.
  3. O resultado final das negociações do novo CCTV para o sector privado de passageiros consubstanciado num acordo feito entre o STRUP e a ANTROP, apenas tem aplicação direta e integral para os trabalhadores, abrangidos pelo anterior CCTV e para todos aqueles admitidos nas empresas em data posterior a publicação da caducidade do AE´S, como é o caso da RBL.
scroll back to top
Actualizado em Terça, 22 Dezembro 2015 12:29 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DA CARRIS, CARRISTUR E CARRISBUS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

carris.1carrisbuscarristur

DEFENDER A CONTRATAÇÃO COLETIVA E AUMENTAR OS SALÁRIOS É VITAL

No dia 16/12 realizou-se uma reunião com o secretário de Estado adjunto do Ministro do Ambiente (com a responsabilidade da tutela da Carris e do Metro) na qual foi assumido por este que a denúncia dos AE’s apresentada pelo C.A. ainda em funções, será para anular e remeter para o início de Janeiro do processo normal de negociação do AE, tendo por base o atual. Quanto ao processo de fusão entre as 4 empresas reconheceu que as empresas têm características diferentes e esta diferença tem que ser tida em conta nas soluções a encontrar, que não estão ainda definidas.

scroll back to top
Actualizado em Terça, 22 Dezembro 2015 12:26 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DA BEIRA INTERIOR

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

PROPOSTA APROVADA PELOS TRABALHADORES APRESENTADA A EMPRESA

No passado dia 17 de Dezembro reuniram em Coimbra na sede da empresa as comissões negociadoras da R.B.I. e da FECTRANS - STRUP tendo por objetivo o entendimento das partes para o novo acordo de empresa que reponha o poder de compra perdido, assim como também coloque estes trabalhadores ao nível dos restantes trabalhadores do sector. 

Foi uma reunião onde tanto a empresa como o sindicato salientaram a necessidade do esforço por forma a atingir o desejado acordo tendo a FECTRANS apresentado a empresa a proposta aprovada pelos trabalhadores que se traduz no seguinte: 

scroll back to top
Actualizado em Terça, 22 Dezembro 2015 12:15 Continuar...
 

BOAS FESTAS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O STRUP, deseja a todos os trabalhadores do sector dos transportes rodoviários e urbanos, aos seus associados, a todos os amigos que nos acompanham na nossa página do Facebook, a todos aqueles que utilizam o nosso site para consulta, a todos os grupos nas redes sociais que organizam e representam a luta dos trabalhadores dos transportes e a luta em geral por melhores condições de vida e de trabalho e a todos os seus familiares e amigos um Natal Feliz e um Ano Novo socialmente mais justo, fraterno e solidário.

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 03 Dezembro 2015 20:56
 

A TODOS OS AMIGOS E CONHECIDOS DO FILIPE CARRAPIÇO

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

falecimento.felipe.carrapio

scroll back to top
Actualizado em Sexta, 27 Novembro 2015 17:07
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 9 de 14
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Autenticação


Faixa publicitária

Vamos ao Circo...

Faixa publicitária

Utilizadores on-line

Temos 51 visitantes em linha

DESTAQUES FECTRANS

Motoristas: Não ao aumento da idade de reforma
No próximo dia 10 de Novembro, às 10h, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da actividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização.

DESTAQUES CGTP-IN

O aumento dos salários é um investimento com retorno garantido
os últimos dias muito se tem falado na actualização do Salário Mínimo Nacional (SMN). Uma realidade que marca a vida de 23% dos trabalhadores cujo rendimento líquido não chega aos 496€ mensais. Um salário próximo do valor do limiar da pobreza (439€) e longe do rendimento adequado (783€) que uma pessoa em idade activa deveria receber mensalmente.
600€ de SMN – Um dever do Governo – Um direito dos Trabalhadores!
No momento em que se aproxima a discussão do Salário Mínimo Nacional para 2018 é importante relevar que compete ao Governo, de acordo com a Constituição da República Portuguesa (artigo 59º, nº. 2) e com a Lei, estabelecer a actualização do SMN, depois de auscultar os parceiros sociais. Neste sentido e tendo presente a importância da actualização do SMN e dos salários em geral para melhorar as condições de vida dos trabalhadores e das suas famílias, bem como o desenvolvimento económico e social do país, a CGTP-IN apresenta 10 razões para que a efectivação dos 600€, em Janeiro de 2018, seja uma realidade:

..:: Protocolos STRUP ::..