Bem vindo ao site do STRUP

AOS TRABALHADORES DO METROPOLITANO DE LISBOA

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

metro.26.11.2015

A PROPÓSITO DE LUTAS….O MOMENTO…

Vivemos hoje um momento em que se verifica uma larga convergência de vontades para, a partir da Assembleia da República e do Governo, se reverter o processo de “fusão” das quatro empresas: Metro, Carris, Transtejo e Soflusa, e anular o famigerado processo de subconcessão, leia-se privatização do Metro e da Carris.

Como se recordam foi um longo percurso de mais de 5 anos de lutas intensas e desgastantes. Alguns desistiram a meio, outros apareceram agora, no final, para cortar a fita da meta. Mas nós, que estivemos desde a primeira hora ao lado dos trabalhadores, em todos os momentos mesmos os mais dramáticos, falando verdade mesmo quando essa verdade era impopular, apelando à resistência ativa mesmo quando eramos fortemente atacados, nós, podemos dizer bem alto e com orgulho: NÃO NOS VENCERAM!

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 26 Novembro 2015 10:52 Continuar...
 

COMUNICADO GERAL AOS TRABALHADORES DOS TRANSPORTES RODOVIÁRIOS E URBANOS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF


POLÍTICA SALARIAL E AÇÃO REIVINDICATIVA PARA 2015/2016

NO SECTOR DOS TRANSPORTES RODOVIÁRIOS E URBANOS

NOTA INTRODUCTÓRIA: Este documento tem por base o documento geral aprovado pelo plenário de sindicatos da CGTP-IN e sintetiza as matérias que consideramos essenciais para serem observadas na negociação e revisão das convenções coletivas de trabalho dos trabalhadores do sector dos transportes rodoviários e urbanos.

(o documento geral pode ser observado n página da CGTP-IN/Áreas de ação/ação reivindicativa)

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Terça, 24 Novembro 2015 15:21
 

AOS TRABALHADORES DA CARRIS, CARRISTUR E CARRISBUS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

carrisbus

É TEMPO DE AVANÇAR, DERROTAR A SUBCONCESSÃO/PRIVATIZAÇÃO E EXIGIR CUMPRIMENTO INTEGRAL DO A.E.

Sempre o afirmámos. A luta organizada dos trabalhadores é o factor determinante para derrotar a política dos roubos dos salários e dos direitos.

As pequenas e grandes lutas a que os Sindicatos da CGTP-IN deram corpo, desde sempre e com particular destaque para as dos últimos 4 anos, contribuíram para a derrota do governo que executava esta politica e deve levar os membros do Conselho de Administração a retirarem as respectivas consequências e a deixarem de “infernizar” a vida aos trabalhadores, fazendo o que já deviam ter feito há muito, demitirem-se.

Entretanto estamos a aguardar pela marcação de uma reunião, já pedida ao C.A., para tratar de questões muito concretas, relacionadas com:

  • a forma completamente irregular, como está a ser feita a organização dos tempos de trabalho no tráfego na Carris;
  • as condições de trabalho na CarrisTur;
  • a melhoria das condições de trabalho, quer ao nível da higiene quer da segurança na CarrisBus;
scroll back to top
Actualizado em Segunda, 23 Novembro 2015 15:48 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DA BEIRA INTERIOR

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

                                  NEGOCIAÇÕES DO ACORDO DE EMPRESA

Como forma de manter os trabalhadores da empresa, informados relativamente ao processo de negociação em curso, o Strup faz desta forma chegar a todos a seguinte informação;

No dia 17 de Novembro, realizou-se a primeira reunião de negociações entre o STRUP e a RBI com vista a obtenção do novo acordo que tem como objectivo principal, a melhoria do salário e restante matéria pecuniária, assim como também, a actualização do restante clausulado.

Importa desde já em abono da verdade, salientar a disponibilidade manifestada pela empresa, atitude que registámos com muito agrado pois, neste processo como em qualquer outro, o acordo só será possível concretizar se as partes estiverem de boa-fé e assim o desejarem.

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 19 Novembro 2015 16:32
 

AOS TRABALHADORES DO SECTOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

AINDA SOBRE O NOVO CCTV PARA OS TRABALHADORES

DO SECTOR DE TRANSPORTE PUBLICO PESADO DE PASSAGEIROS.

REFLECTIR O CCTV

Poderia se indiferente. Mas não é!

Poderia não ter importância alguma. Mas tem!

Poderia ser só mais um acordo. Mas é muito mais!

  • Atualiza os salários em 630,00€ para a categoria de motorista e na mesma ordem de grandeza (4,3%) todos os trabalhadores.  
  • Atualiza todas as rúbricas de expressão pecuniária que desde 1999 não eram formalmente atualizadas
  • Aumenta o descanso diário em 1 hora, de 10 para 11 horas
  • Garante a todos os trabalhadores o pagamento da formação, inicial e renovação.
  • Estabelece em 30 meses as 8 horas de Agente Único como pagamento mínimo
  • Garante 2 dias de descanso semanal consecutivos
  • Garante que os trabalhadores não vão ser prejudicados no tempo de disponibilidade, recebendo exatamente o mesmo que receberiam se efetuassem trabalho suplementar
  • Garante que a soma do trabalho diário mais o tempo de disponibilidade não pode ultrapassar as 8 horas diárias.
  • Garante o dia de Carnaval como Feriado e o dia de aniversário como falta justificada
  • Garante a todos os trabalhadores que gozavam o dia de aniversário como falta justificada com vencimento a manutenção desse direito
  • Não impede que nenhum patrão pague o dia de aniversário
  • Garante que nenhum trabalhador está obrigado a trabalhar mais de 8 horas diárias.
  • Garante a todos os trabalhadores a manutenção de valores mais favoráveis, tabela salarial ou outras matérias que entretanto lhes tenham sido oferecidas no âmbito da sua empresa ou no âmbito dos operadores que contratam os serviços.
  • Garante aos trabalhadores das Rodoviárias cujos AE´s já caducaram a manutenção de todas as condições de trabalho que vinham auferindo por força da aplicação do AE,
  • Garante e melhora o direito ao transporte do cônjuge quando trabalha por conta de outrem.
  • Garante que nos próximos 3 anos haverá um efetivo aumento dos salários.
  • Garante o funcionamento da Comissão Paritária para análise de todas as situações que se venham a verificar deturpadas pelo patronato.
  • Garante que todas as situações resultantes das portarias reguladoras da organização dos tempos de trabalho de existência pontual sejam corrigidas durante a próxima vigência.
  • Garante a informação do trabalho do dia seguinte com pelo menos 48 horas.
  • Garante a construção, no futuro, de escalas de folgas no mínimo anuais.
  • Garante o pagamento ao motorista que conduza em equipa independentemente de estar ou não a conduzir.
  • Garante que estas regras mínimas sejam aplicadas em todas as empresas impedindo assim a concorrência desleal à custa da exploração desenfreada dos trabalhadores 

LER COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Segunda, 09 Novembro 2015 16:38
 

AOS TRABALHADORES DA TST

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

É PRECISO AUMENTAR SALÁRIOS.

As perdas salariais resultantes dos atos de gestão, impostos unilateralmente pela administração, dos cortes impostos pelo governo, do agravamento do custo de vida, do aumento brutal da carga fiscal, determinam a necessidade de aumentar os salários aos trabalhadores da TST.

Com esse objetivo, a FECTRANS, solicitou uma reunião à administração da empresa no passado dia 21 de Outubro de 2015, da qual ainda não obtivemos resposta.

Para além dos salários e, considerando o que vai acontecendo nas “Rodoviárias” (Lisboa, Tejo, Beira Litoral e Braga), relativamente à publicação das caducidades dos Acordos de Empresa que ali vigoravam, importa saber da administração da TST, o que pretende de futuro relativamente às relações coletivas de trabalho existentes nesta empresa.

Esta informação é muito importante para os trabalhadores uma vez que é necessário garantir o universo dos direitos dos trabalhadores.

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 05 Novembro 2015 13:55 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DO SECTOR DE TRANSPORTES PÚBLICOS PESADOS DE PASSAGEIROS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

NOVO CCTV

PARA TODOS OS TRABALHADORES DO SECTOR DE TRANSPORTE PUBLICO PESADO DE PASSAGEIROS ACORDADO ENTRE O STRUP E A ANTROP.

Após os conflitos laborais, ocorridos em algumas empresas associadas na ANTROP, nomeadamente do grupo Transdev e do grupo Arriva, consequência da aplicação generalizada da figura do tempo de disponibilidade, utilizado unilateralmente e de forma indevida pelo patronato deste sector, em claro prejuízo do salário dos trabalhadores, foi a partir daí, possível criar um espaço de diálogo entre FECTRANS e ANTROP.

O primeiro documento, contendo as principais matérias que ANTROP e FECTRANS pretendiam debater neste processo de revisão do CCTV, remonta a Janeiro de 2015 o que significa que entre reuniões informais e reuniões formais decorreram cerca de 10 meses de trabalho entre as partes.

Isto é, um largo período de negociação, no qual a FECTRANS se empenhou, com a apresentação de propostas e negociação de matérias que por um lado garantissem os direitos dos trabalhadores, constantes de uma convenção coletiva de trabalho que não era revista desde o ano de 1999 e por outro, resultasse, essa negociação, numa melhoria das condições gerais de trabalho e particularmente numa melhoria dos salários que como sabemos se situavam atualmente entre o Salário Mínimo Nacional e um salário de 604 € que não era cumprido pela maioria das empresas por falta de uma publicação formal deste valor.

.../...

COMUNICADO COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Sábado, 31 Outubro 2015 12:09
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 10 de 14
Faixa publicitária
Faixa publicitária

Autenticação


Faixa publicitária

Vamos ao Circo...

Faixa publicitária

Utilizadores on-line

Temos 48 visitantes em linha

DESTAQUES FECTRANS

Motoristas: Não ao aumento da idade de reforma
No próximo dia 10 de Novembro, às 10h, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da actividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização.

DESTAQUES CGTP-IN

O aumento dos salários é um investimento com retorno garantido
os últimos dias muito se tem falado na actualização do Salário Mínimo Nacional (SMN). Uma realidade que marca a vida de 23% dos trabalhadores cujo rendimento líquido não chega aos 496€ mensais. Um salário próximo do valor do limiar da pobreza (439€) e longe do rendimento adequado (783€) que uma pessoa em idade activa deveria receber mensalmente.
600€ de SMN – Um dever do Governo – Um direito dos Trabalhadores!
No momento em que se aproxima a discussão do Salário Mínimo Nacional para 2018 é importante relevar que compete ao Governo, de acordo com a Constituição da República Portuguesa (artigo 59º, nº. 2) e com a Lei, estabelecer a actualização do SMN, depois de auscultar os parceiros sociais. Neste sentido e tendo presente a importância da actualização do SMN e dos salários em geral para melhorar as condições de vida dos trabalhadores e das suas famílias, bem como o desenvolvimento económico e social do país, a CGTP-IN apresenta 10 razões para que a efectivação dos 600€, em Janeiro de 2018, seja uma realidade:

..:: Protocolos STRUP ::..