Bem vindo ao site do STRUP

AOS TRABALHADORES DO SECTOR DE TRANSPORTES PÚBLICOS PESADOS DE PASSAGEIROS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 BOLETIM INFORMATIVO

SECTOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

NEGOCIAÇÕES – PONTO DE SITUAÇÃO

As negociações com a ANTROP e a FECTRANS decorrem há cerca de 8 meses. Entre reuniões informais e formais o processo foi evoluindo encontrando-se nesta fase próximo do seu final. Entretanto foram realizados plenários com os trabalhadores na maioria das empresas do sector, informando e explicando todas as dúvidas, implicações e alterações constantes deste novo CCTV.

Foi com satisfação que constatámos por parte dos trabalhadores, não obstante uma ou outra dúvida colocada, uma aceitação generalizada, aos conteúdos negociados com a ANTROP.

Após os plenários e, considerando muitas questões colocadas pelos trabalhadores, ainda foi possível fazer com que a ANTROP evoluísse em algumas matérias e clarificasse outras.

O STRUP e só o STRUP, chama a si a responsabilidade de negociar um novo CCTV, com claras vantagens salariais e outras para os trabalhadores, substituindo desta forma uma convenção coletiva cuja última revisão remonta a 1999, convenção essa, que ainda contém os salários em escudos e a organização dos tempos de trabalho, intervalos e tempos de repouso regulados por uma PRT, imposta a todos os trabalhadores deste sector no ano de 1977.

OS TRABALHADORES FILIADOS NO STRUP, VERÃO DESTA FORMA, OS SEUS SALÁRIOS SUBSTANCIALMENTE MELHORADOS ENTRE OUTRAS MATÉRIAS QUE SE NÃO FOSSEM REGULADAS NESTE NOVO CCTV, PERMITIRIA AO PATRONATO, COM POSIÇÕES UNILATERAIS DIMINUIR A SUA CAPACIDADE DE GANHO, COMO FOI POR EXEMPLO A APLICAÇÃO DO TEMPO DE DISPONIBILIDADE. 

LER BOLETIM COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Quinta, 22 Outubro 2015 13:33
 

AOS TRABALHADORES DA CARRIS, CARRISBUS E CARRISTUR

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

A LUTA CONTRA A SUBCONCESSÃO/PRIVATIZAÇÃO NÃO TERMINOU

Com o contributo de muitos trabalhadores da Carris, CarrisBus e CarrisTur, que no passado dia 4 levaram a luta até ao voto e contribuíram para que os partidos que suportavam o anterior governo e que pretendem continuar com a entrega a privados da “operação” da Carris, perdessem mais de 700 mil votos e 25 deputados, perdendo assim a maioria absoluta, foram acrescentadas razões e possibilidades para a derrota definitiva da subconcessão/privatização.
Entretanto o Tribunal de Contas que terá que se pronunciar em definitivo, devolveu o processo ao Ministério da Economia, com pedidos de esclarecimento, suspendendo desta forma o processo por 30 dias. Tal situação não deve, em nosso entender gerar quaisquer atentismos, deve pelo contrário, fazer aumentar a disponibilidade de luta dos trabalhadores, na exigência da manutenção da Carris na esfera pública e a integração nesta da CarrisBus e CarrisTur.

scroll back to top
Actualizado em Quarta, 21 Outubro 2015 10:37 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DA CARRISTUR

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

GREVE NA CARRISTUR

DIA 31 OUTUBRO E DIA 1 NOVEMBRO

Após a reunião com a administração da Carristur no passado dia 30 de Setembro e como já informámos em comunicado anterior, a administração não acedeu a qualquer uma das propostas apresentadas e anteriormente aprovadas pelos trabalhadores, no plenário realizado no decurso da ultima greve realizada no dia 12 de Setembro.
Tendo em conta esta recusa por parte da administração, em querer negociar qualquer uma das matérias propostas e após auscultação dos trabalhadores, foi opinião clara a proposta de se fazer uma greve de 48 horas.
Dando assim consequência à opinião dos trabalhadores, o STRUP transmitiu à FECTRANS a necessidade de se colocar um pré-aviso de greve na CarrisTur para os dias 31 de Outubro e 1 de Novembro próximos.
Apelamos a todos os trabalhadores da CarrisTur, que adiram à greve, mostrando assim o seu descontentamento perante a atitude de prepotência e arrogância da administração, que tenta fugir à negociação e perpetuar assim a precariedade com que os trabalhadores são confrontados.

A LUTA É A SOLUÇÃO!
NEGOCIAÇÃO SIM! ARROGÂNCIA E PREPOTÊNCIA NÃO!
SINDICALIZA-TE NO STRUP! DÁ MAIS FORÇA À TUA LUTA !

20/10/2015

scroll back to top
Actualizado em Quarta, 21 Outubro 2015 10:38
 

BOLETIM INFORMATIVO Nº3

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

INFORSTRUP Nº3

EDITORIAL

OS TRABALHADORES E AS ELEIÇÕES

Ao contrário da apologia da indiferença, o resultado das eleições para a Assembleia da República que acontecerão a 4 de Outubro, mexerão de forma direta com a vida de cada um dos trabalhadores e trabalhadoras, também no setor dos transportes. O actual governo acelerou a destruição de emprego, aumentou o desemprego, acentuou a precariedade, conduziu 500 mil trabalhadores à emigração forçada, reduziu o investimento, arrasou a produção de riqueza para níveis de 2001, agravou as desigualdades e massificou a pobreza, que já atinge 2,7 milhões de portugueses. Na destruição do setor produtivo nacional, como Sorefame, Siderurgia Nacional, Lisnave, RN pescas e outros, levada a cabo pelos sucessivos governos, que há 40 anos se têm revezado no poder, radicam as razões da actual situa- ção do País.../...(cont.)

LER BOLETIM COMPLETO

scroll back to top
Actualizado em Segunda, 05 Outubro 2015 14:06
 

AOS TRABALHADORES DO SECTOR DE MERCADORIAS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Tribunal da Relação

decide a favor dos trabalhadores

PATINTER/ANTRAM

O Tribunal da Relação de Lisboa decide que aquilo que foi tirado aos trabalhadores tem que ser devolvido. O tribunal, que num acórdão de 9 de Setembro, assume a interpretação já anteriormente fixada pelo Supremo Tribunal de Justiça, derrotando assim as pretensões da PATINTER e da ANTRAM e reconhecendo que o valor da Cláusula 74º não pode ser reduzido pelo que aquilo que foi tirado aos trabalhadores tem que ser devolvido.

Este é um direito consignado no Contrato Colectivo de Trabalho Vertical (CCTV) que não pode ser retirado, o que demonstra a importância de haver contratação colectiva.

Fonte: FECTRANS

scroll back to top
Actualizado em Quarta, 23 Setembro 2015 13:27
 

SECTOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

ATENÇÃO

TRABALHADORES DAS EMPRESAS DO SECTOR

PRIVADO DE TRANSPORTE PESADO DE PASSAGEIROS

AGENDA DE PLENÁRIOS

15 Set:

RBI Sertã e Proença 10:00h e 15:00h

16 Set:

Barraqueiro Estremadura 20:30h

17 Set:    

Boa Viagem – Arruda: 20:30h

RBI – U S Castelo Branco: 21:00h

AT Fundão / Central Covilhã: 10:00h e 13:00h

18 Set:

Vimeca Transportes – Queluz de Baixo 21h

Ribatejana Verde 21h

Rod. Tejo- Santarém e Rio Maior 8.30h e 15h

19 Set:

Barraqueiro Mafrense – Ericeira 17:00h

21 Set:

Rod. Tejo - Torres Vedras/Mov - 10:00h

Rod. Tejo – Torres Novas/Oficinas- 15:00 h

Transdev – Agueda – 10:30h

Transdev – Cantanhede – 13:30h

Transdev – Mira – 15:00h

22 Set:

Rod. Tejo – Abrantes 10:30h

Rod. Tejo – Tomar 15:00h

Transdev – Refeitório RBL – 10:30h

Transdev – Oficinas Casa Branca – 14:00h

scroll back to top
Actualizado em Segunda, 21 Setembro 2015 16:20 Continuar...
 

AOS TRABALHADORES DACARRIS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

ASSINATURA COM AVANZA NÃO CONCLUÍ PROCESSO
A assinatura do “contrato-promessa” com a Azanza, marcada para o dia 23/09, constituí um acto de desespero de um governo e de uma politica de direita que estando de saída não conseguirão concluir a entrega de mais de 1.065 milhões € a este grupo, pelo tempo que durasse o contrato de esbulho da Carris e do Metro.
O processo de preparação da Carris para a sua entrega a privados, não se contém nestes últimos 4 anos, ela foi seguida por sucessivos governos e C.A.’s, numa demonstração evidente que a mesma política de direita pode ser e foi, implementada pela alternância de direita que tem destruído a Carris e degradado os salários e os direitos dos trabalhadores, a que todos não poderão ficar indiferentes na opção de voto que seremos chamados a tomar no próximo dia 4 de Outubro.

scroll back to top
Actualizado em Segunda, 21 Setembro 2015 11:08 Continuar...
 
<< Início < Anterior 11 12 13 14 Seguinte > Final >>

Pág. 11 de 14
Faixa publicitária

Autenticação


Faixa publicitária

Utilizadores on-line

Temos 55 visitantes em linha

DESTAQUES FECTRANS

Motoristas: Não ao aumento da idade de reforma
No próximo dia 10 de Novembro, às 10h, dirigentes e delegados sindicais do sector rodoviário concentram-se em frente ao Ministério do Trabalho, para a entrega de um documento onde dão continuidade à exigência da reposição do limite da idade para o exercício da actividade aos 65 anos, tal como existia antes da última alteração do Código da Estrada e com a possibilidade de reforma sem penalização.

DESTAQUES CGTP-IN

O aumento dos salários é um investimento com retorno garantido
os últimos dias muito se tem falado na actualização do Salário Mínimo Nacional (SMN). Uma realidade que marca a vida de 23% dos trabalhadores cujo rendimento líquido não chega aos 496€ mensais. Um salário próximo do valor do limiar da pobreza (439€) e longe do rendimento adequado (783€) que uma pessoa em idade activa deveria receber mensalmente.
600€ de SMN – Um dever do Governo – Um direito dos Trabalhadores!
No momento em que se aproxima a discussão do Salário Mínimo Nacional para 2018 é importante relevar que compete ao Governo, de acordo com a Constituição da República Portuguesa (artigo 59º, nº. 2) e com a Lei, estabelecer a actualização do SMN, depois de auscultar os parceiros sociais. Neste sentido e tendo presente a importância da actualização do SMN e dos salários em geral para melhorar as condições de vida dos trabalhadores e das suas famílias, bem como o desenvolvimento económico e social do país, a CGTP-IN apresenta 10 razões para que a efectivação dos 600€, em Janeiro de 2018, seja uma realidade:

..:: Protocolos STRUP ::..