Imprimir

 

Os trabalhadores da TST, Transportes Sul do Tejo, realizaram hoje dia 12 de Abril de 2019, o primeiro de dois dias de greve, com indices de adesão que rondaram os 90%.

A luta dos trabalhadores, foi saudada pelo único representante de um partido politico presente no plenário, o deputado do PCP, Bruno Dias, que reconheceu na unidade e determinação dos trabalhadores o melhor caminho para a resolução dos seus problemas e conquista das suas justas reivindicações mas em simultâneo comprometeu-se com os trabalhadores a desenvolver todos os esforços possiveis para que junto do governo, utilizar os meios ao seu alcance no sentido de ajudar os trabalhadores nesta sua grande luta.

Entretanto, face à ausência de respostas concretas por parte da administração da empresa, bem como à abertura de qualquer diálogo com as suas organizações representativas dos trabalhadores, estes decidiram:

- Realizar nova greve de 48 horas nos dias 19 e 20 de maio próximos;

- Através das suas organizações representativas, solicitar reuniões a todas as Camaras Municipais, Onde a TST presta actividade publica de transporte de passageiros;

- Realizar uma grande concentração junto à Camara Municipal de Almada, no dia 20 de Maio de 2019 a partir das 10.30 horas

- Nesse mesmo dia realizar novo plenário, onde será feito o ponto de situação e serão decididas novbas medidas a tomar pelos trabalhadores.

Laranjeiro, 12 de Abril de 2019    

powered by social2s