na defesa dos interesses dos trabalhadores da CarrisBus

No acto da assinatura o STRUP/FECTRANS salientou que se orgulha de nunca se ter conformado com a destruição do sector oficinal da Carris, levado a cabo com a criação da CarrisBus, que teve como objetivo acabar com a contratação colectiva, precarizando as relações de trabalho de todos, através dos contractos de cedência para uns e a aplicaçãodoCódigodeTrabalhoparaoutros,aproveitando as sucessivas revisões deste, feitas por acordodoGoverno/Patronato/UG”T”.
A luta dos trabalhadores da CarrisBus, que o STRUP/FECTRANS se honra de ter encabeçado, conduziu em 2017 à conquista do 1º AE - Acordo de Empresa, revisto em 2019 e agora em 2020, num processo que terá que ter continuidade em 2021, que se espera também poder ser o ano da integração completa dos trabalhadores da CarrisBusnaCarris.

LER COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s