AOS TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

É PRECISO DESCONFINAR OS TRABALHADORES, PARA MAIS E MELHORES TRANSPORTES

Sob o pretexto das dificuldades das empresas, a ANTROP conseguiu junto do Governo avultadas quantias para que assegurassem o transporte às populações, que não iria além dos 90%, disseram! Quando falamos de empresas de transportes, obviamente que temos noção que não estarão todas ao mesmo nível, há quem tenha dificuldades, mas também há quem tenha muito menos dificuldades. No entanto verifica-se em algumas destas, que recorrem aos apoios, mantêm os trabalhadores confinados, enquanto os passageiros agonizam nas paragens. Não podemos permitir que no universo das grandes empresas, que haja situações de claro incumprimento da lei, e de uso abusivo ao recurso do trabalho extraordinário. Os trabalhadores que estão em lay off parcial não podem ser submetidos a cargas horárias tais, que sirvam para manter afastados do posto de trabalho os seus colegas. Às empresas, e aos trabalhadores em lay off, que estão a servir-se do dinheiro dos contribuintes para pagar salários é vedado o recurso ao trabalho suplementar. Se existe trabalho extra, então não se verificam as condições para manter trabalhadores em lay off!

COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s