Imprimir

AOS TRABALHADORES DA SCOTTURB

A GESTÃO DA FAMÍLIA BARATA MANTÉM O ATAQUE AOS DIREITOS DOS TRABALHADORES

O STRUP vem junto dos trabalhadores relembrar que o Acordo de Empresa que se aplica aos associados do STRUP e trabalhadores que, até à data da publicação do Contrato Coletivo de outra Organização Sindical estavam ao serviço na SCOTTURB, com exceção dos que lhe fizeram oposição(*), se mantém em vigor e a ser aplicado à larga maioria dos trabalhadores desta empresa! (*) (aqueles que por adesão ou filiação noutra organização, afastaram a sua aplicação), Passando pela situação de baixa médica nos termos descritos na cláusula 80ª abaixo transcrita, os trabalhadores devem reclamar junto da empresa, apresentando os comprovativos dos montantes que lhe foram pagos, para que a empresa compense os trabalhadores (deverá fazê-lo FORMALMENTE).

Regalias sociais / Cláusula 80.a Complemento de subsídio de doença

1 — Em caso de doença, a empresa pagará aos trabalhadores a diferença entre a remuneração líquida da sua categoria profissional e o subsídio atribuído pela segurança social.

2 — O regime estabelecido no número anterior não se aplica às baixas com duração igual ou inferior a três dias, salvo no caso de hospitalização.

3 — Os trabalhadores que ainda não tenham direito ao subsídio da segurança social receberão da empresa um complemento do montante estabelecido no n.o 1 e nas condições referidas no n.o 2, desde que a situação de doença seja documentada com boletim da administração regional de saúde.

4— Quando seja devido o complemento a que se refere esta cláusula, o trabalhador receberá a remuneração por inteiro nos termos desta cláusula, reembolsando a Empresa no quantitativo do subsídio da Segurança Social, quando e se o receber.

5 — Nos casos previstos no n.o 3, o trabalhador receberá mensalmente o valor a que tiver direito.

LER COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s