Imprimir

AOS TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO DE PASSAGEIROS

A PANDEMIA DOS BAIXOS SALÁRIOS

Ainda há poucos dias, os trabalhadores e o povo puderam assistir ao que de pior existe na política, o populismo oportunista de determinados atores que, a pretexto do combate de injustiças, onde nunca se dirigeaos que beneficiam com a exploração dos trabalhadores. As empresas que durante anos a fio se pautaram pelos baixos salários, e pela inclusão de formas de desregulamento dos horários de trabalho, em que as mesmas acumularam lucros fabulosos. O DESAFIO DAS CONCESSÕES DE TRANSPORTES Ainda existem nas empresas muitas centenas, ou mesmo milhares de trabalhadores que assistiram à privatização da Rodoviária Nacional, era património das populações do nosso país. Diziam ser para melhorar o serviço, e para que o Estado deixasse de gerir a empresa que dava muito prejuízo! Hoje o Estado paga um transporte privado, onde cada vez mais as populações estão privadas de transportes. Estamos convictos que, apesar da habilidade de determinados Grupos Privados, os trabalhadores se manterão unidos para garantir o cumprimento dos seus direitos, dos seus contratos, das suas condições de trabalho. A nossa estrutura sindical já fez chegar esta preocupação às muitas Autoridades de Transportes, os trabalhadores devem ser orientados, acompanhados no processo de transmissão para a nova empresa.

:::COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s