Imprimir

É PRECISO RESPEITAR E VALORIZAR OS TRABALHADORES DA CARRIS!

Na reunião realizada no dia 10/02, o C.A. apresentou uma proposta de 10 euros de aumento salarial mensal, “pelo reconhecimento do esforço dos trabalhadores”. Ou seja, para eles, o nosso empenho, dedicação e sentido de responsabilidade, valem 33 cêntimos por dia.
Para o C.A. estamos “no pelotão da frente para trabalhar” e no “carro-vassoura” para receber. É inadmissível que o salário base dos homens e mulheres que poem a frota da Carris a andar, esteja cada vez mais próximo do salário mínimo nacional. Haja respeito e consideração por quem trabalha.
O C.A. tem a obrigação e condições para ir muito mais longe. É possível, necessário e urgente o aumento significativo dos salários na Carris. É preciso ter presente que a melhoria do serviço público é indissociável da valorização dos trabalhadores que, com zelo e competência, o prestam diariamente.
Uma situação que releva a importância da redução do horário de trabalho, mesmo que faseada, para as 35 horas. Não faz sentido que o C.A. reconheça a justeza da reivindicação e depois recorra a desculpas coxas para dizer que não pode assumir compromissos, que se prolonguem para além do mês de Setembro.

COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s