É POSSIVEL E NECESSÁRIO AVANÇAR MAIS NOS SALÁRIOS!


Na reunião realizada no dia 3 de março, o C.A. admitiu passar de 10 para 15 € o aumento salarial mensal. Uma atualização insuficiente, feita à custa de “trocas e baldrocas” com a retirada de matérias, antes aceites pelo C.A.
Na prática a proposta corresponde a 50 cêntimos diários. Ou seja, metade do aumento do salário mínimo nacional. Pouco, muito pouco para uma administração que diz ter os trabalhadores no “coração” para trabalhar e depois os trata com os “pés” quando chega a altura de os aumentar.
Não reclamamos “este e outro mundo”, mas não aceitamos que a política salarial do C.A. empurre paulatinamente o nosso salário base para o salário mínimo nacional. Uma situação inadmissível, considerando as competências profissionais dos trabalhadores da Carris e o serviço publico que prestam.
A vida já demonstrou que vale a pena reivindicar e acreditar naquilo a que temos direito. A indignação dos trabalhadores obrigou o C.A. a passar de um aumento zero para os 15 €. A reafirmação da nossa insatisfação será determinante para forçar a administração a assumir o aumento significativo dos nossos salários.

COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s