AOS TRABALHADORES DA TST

PAGAMENTO DOS PROPORCIONAIS

Como todos os Trabalhadores bem sabem, existe uma dívida relativa aos proporcionais, a qual já foi assumida pelos TST perante os seus Trabalhadores e os seus Sindicatos.

Perante esse reconhecimento, as partes estão a negociar e a tentar chegar a um entendimento sobre a forma do pagamento dessa dívida aos Trabalhadores.

Os Sindicatos têm estado a negociar os termos desse acordo com a Empresa, com o intuito de poder facilitar a regularização dessa dívida.

Gostaríamos de sublinhar que o eventual Acordo que se possa firmar com os TST não tem cariz impositivo, ou seja, o Trabalhador só aceita os termos desse Acordo se assim o entender.

Nem poderia ser de outra forma.

Estamos apenas a tentar criar uma “ferramenta” que poderá ser utilizada pelos Trabalhadores para pôr cobro a uma situação criada ao longo de várias décadas.

Os Sindicatos não têm legitimidade ou autoridade para retirar o Direito que o Trabalhador tem em reclamar de uma situação que considere injusta ou ilegal.

Assim, caso exista algum Trabalhador que não concorde com os termos do Acordo que vier a ser assinado entre os Sindicatos e os TST, esse Trabalhador tem todo o Direito de o poder recusar e de recorrer às vias judiciais se assim o entender.

Quando esse Acordo for firmado, os  Sindicatos irão dar o devido conhecimento do mesmo aos trabalhadores e aos seus contenciosos para que os seus termos sejam conhecidos nos exatos termos. 

Pedimos a todos os trabalhadores para se manterem devidamente protegidos

UNIDOS SOMOS MAIS FORTES

7 de Abril de 2021

powered by social2s