NEGOCIAÇÃO SIM, IMPOSIÇÃO NÃO!

Ao final da tarde do dia 19/04, a administração da CarrisTur veio a considerar “sem efeito” a reunião de negociação do AE, marcada para o dia 20/04 de manhã, com o “argumento”, de que o processo negocial tinha sido concluído na última reunião realizada no dia 4/04. Numa atitude de arrogante prepotência, a administração contradiz-se nos próprios termos da comunicação. Se as negociações tivessem sido concluídas naquela reunião, porque é que marcou reunião para dia 20?! Se as negociações “foram concluídas” no dia 4/04, porque enviou uma proposta no dia 12/04, que seria para discutir na reunião do dia 20/04? A administração da CarrisTur mente, quando na resposta à proposta enviada pela FECTRANS, dando cumprimento às decisões dos trabalhadores, no plenário que se realizou no dia 13/04, afirma que rejeita a reformulação d a proposta de aumento salarial, para 70 €, porque “ no quadro da negociação foi acordado um aumento remuneratório de 25 €…”. Foi acordado? Com quem? Com a FECTRANS- STRUP não foi!

COMUNICADO COMPLETO