TRABALHADORES DO ML MANTÊM-SE FIRMES

Ocorreu hoje de manhã uma nova greve parcial dos trabalhadores da DO do ML – Metropolitano de Lisboa, pela falta de respostas concretas da administração para o conjunto de problemas com que os trabalhadores se debatem.

Foi novamente uma greve que paralisou a actividade da empresa, porque sem trabalhadores a mesma não funciona, situação que se pode agravar caso o governo/administração não responda às questões colocadas pelas organizações de trabalhadores, no que concerne à negociação colectiva, tal como ficou ontem decidido no plenário geral de trabalhadores.