INFORMAÇÃO AOS TRABALHADORES DA TST

Como já havíamos informado os trabalhadores da TST, seria indispensável realizar um plenário geral para permitir que todos os trabalhadores possam participar no debate acerca do ponto da situação social na empresa, quanto ao seu caderno reivindicativo e também no que respeita à futura situação resultante do concurso de exploração das concessões até agora detidas pela empresa.

Para o efeito os sindicatos solicitaram uma reunião à empresa para, com conhecimento de causa, possamos preparar o referido plenário tendo em conta que circula muita informação que, a confirmar-se, já deveria ter sido transmitida aos representantes dos trabalhadores. A reunião com a empresa está marcada para o próximo dia 17 de Setembro pelas 15.00 horas na sede da empresa.

Entretanto os sindicatos farão entre si uma reunião para determinar o dia e local do plenário que deverá ocorrer até ao próximo dia 22 de Setembro. O plenário será realizado ao abrigo da alínea b) do nº.1 do artigo 461º da lei nº.7/2009 de 12 de Fevereiro, articulado com o disposto no artigo 420º da referida Lei,  ou seja no âmbito do crédito anual de horas a que cada trabalhador tem direito, exactamente da mesma forma que foi realizado o ultimo plenário.

CUIDADO

Chegou ao nosso conhecimento que os trabalhadores estarão a ser contactados por representantes da empresa no sentido de assinarem a transferência de local de trabalho sob pena de, se o não fizeram, não salvaguardarem no futuro, o seu posto de trabalho.

Apelamos aos trabalhadores, cujos direitos estão salvaguardados pelo acordo de empresa e pela lei que não se precipitem a tomar atitudes que poderão revelar-se prejudiciais.

Aguardem a realização do plenário onde todas estas situações deverão ficar clarificadas.

Lisboa, 10 de Setembro de 2020

powered by social2s

REUNIÃO DE MOTORISTAS TVDE

(29 de SETEMBRO de 2020)

15.00 HORAS

ORGANIZAR O TRABALHO FUTURO

Tal como havíamos anunciado no nosso ultimo comunicado, o STRUP tem como objectivo elaborar um caderno com todas as questões e problemas que se colocam neste subsector de actividade e com base no seu conteúdo, iniciar um debate com todos os grupos parlamentares e outras instituições que de forma directa ou indirecta têm responsabilidade na regulação deste subsector.

Para o efeito vamos realizar uma reunião, aberta a todos os motoristas TVDE, no próximo dia 29 de Setembro (terça-feira) nas instalações do sindicato sitas na Avenida Alvares Cabral, 15 a 21, 1250-015 em Lisboa.

Considerando as medidas impostas pelo estado de emergência, agradecemos que os trabalhadores confirmem a sua presença no sentido de preparar o espaço para a referida reunião. Podem faze-lo por mail (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) ou por mensagem para o numero 919786633.

Desde já agradecemos a sua atenção.

Lisboa, 10 de Setembro de 2020

powered by social2s

PLENRIOSBT101718SET2020

powered by social2s

AS EMPRESAS RECEBEM MILHÕES, MAS OS TRABALHADORES RECEBEM TOSTÕES

Em 13 de agosto de 2020, os jornais anunciavam que as empresas de transporte de passageiros já tinham recuperado mais de 50% da sua procura. Em setembro, existem ainda empresas a suprimir circulações, ou mesmo em lay off. Esta semana entraram mais uns milhões de euros nos cofres das empresas. Parece que só “os patrões é que têm barriga”, enquanto os trabalhadores só têm cinto, e cada vez mais apertado! De acordo com as mais recentes notícias, na Área Metropolitana do Porto seriam disponibilizados 22,7 milhões de euros aos operadores privados, segundo o Jornal Expresso de 31 de julho. Pouco tempo antes, a própria ANTROP, associação que representa as maiores empresas no nosso anunciava a sua satisfação pela primeira verba que era disponibilizada pelo Estado(contribuintes) aos operadores privados. E não mais pararam de esticar a mão ao dinheiro dos Contribuintes com contrapartidas ao nível de isenções de pagamentos ao fisco, e ainda o pagamento dos salários dos trabalhadores através da figura dos lay off simplificado, e mais recentemente pelo lay off “clássico”. Na última semana chegaram mais uns milhões às empresas, mas não querem falar em aumentar salários! 

LER COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s

AOS TRABALHADORES DOS TVDE

CONCLUSÕES DA REUNIÃO COM A DGERT

No seguimento da concretização do trabalho planeado em sequencia da reunião realizada com trabalhadores deste sector de actividade, o STRUP e um trabalhador motorista, Paulo Santos, reuniram na DGERT, Direcção Geral das Relações Colectivas de Trabalho, no passado dia 1 de Setembro.

Foram apresentadas um conjunto de situações que caracterizam o mau funcionamento deste subsector mas em particular e como objecto principal da reunião, a necessidade de estender a convenção colectiva de trabalho existente, a todos os trabalhadores motoristas que laboram no transporte ligeiro de passageiros.

Os representantes da DGERT  ficaram de apresentar  esta proposta à direcção destes serviços, para analisar da sua exequibilidade e comprometeram-se,  a apresentar os resultados, em próxima reunião a realizar no inicio de Outubro, uma vez que neste período de férias a capacidade de resposta é reduzida.

powered by social2s