ESCLARECIMENTO

O plenário geral de trabalhadores que se vai realizar no próximo dia 22 de Setembro de 2020, na sede da empresa pelas 10,00 horas, é feito ao abrigo da lei sindical.

Tal significa o seguinte:

- Trata-se de um plenário igual a todos os plenários gerais realizados ao abrigo da lei da greve;

- Os trabalhadores param todo o dia, desde as 03.00 horas do dia 22 às 03.00 horas do dia 23. (Salvo outra decisão que entretanto o plenário venha a tomar)

- a única diferença, é relativa ao facto de ser uma falta justifcada com vencimento.

AUTOCARROS PARA DESLOCAÇÃO DOS TRABALHADORES

- 1 (ou 2) autocarros a sair de Setúbal às 9,00 horas

- 1 autocarro a sair do Montijo às 9,00 horas

NOTA: Os trabalhadores independentemente do seu horário de trabalho devem estar todos presentes no plenário.

powered by social2s

AOS TRABALHADORES DA TST

Decorreu hoje dia 17 de setembro de 2020 uma reunião com o administrador da TST,  que visava saber a situação laboral da empresa, mediante os cenários que se avizinham relativos ao possível resultado do concurso internacional para a aquisição do serviço publico de transporte rodoviário de passageiros na AML, mais concretamente a adjudicação do lote 3 á TST, assim como dar continuidade ao processo de negociação da proposta conjunta apresentada pelas organizações sindicais e respectivo Caderno Reivindicativo.

Nesse sentido foram colocadas um conjuntos de questões que foram respondidas pela TST e que carecem de ser transmitidas aos trabalhadores no sentido de os esclarecer, tirar dúvidas e informações que circulam, de forma clara, para que não existam erradas interpretações.

powered by social2s

INFORMAÇÃO AOS TRABALHADORES DA TST

Como já havíamos informado os trabalhadores da TST, seria indispensável realizar um plenário geral para permitir que todos os trabalhadores possam participar no debate acerca do ponto da situação social na empresa, quanto ao seu caderno reivindicativo e também no que respeita à futura situação resultante do concurso de exploração das concessões até agora detidas pela empresa.

Para o efeito os sindicatos solicitaram uma reunião à empresa para, com conhecimento de causa, possamos preparar o referido plenário tendo em conta que circula muita informação que, a confirmar-se, já deveria ter sido transmitida aos representantes dos trabalhadores. A reunião com a empresa está marcada para o próximo dia 17 de Setembro pelas 15.00 horas na sede da empresa.

Entretanto os sindicatos farão entre si uma reunião para determinar o dia e local do plenário que deverá ocorrer até ao próximo dia 22 de Setembro. O plenário será realizado ao abrigo da alínea b) do nº.1 do artigo 461º da lei nº.7/2009 de 12 de Fevereiro, articulado com o disposto no artigo 420º da referida Lei,  ou seja no âmbito do crédito anual de horas a que cada trabalhador tem direito, exactamente da mesma forma que foi realizado o ultimo plenário.

CUIDADO

Chegou ao nosso conhecimento que os trabalhadores estarão a ser contactados por representantes da empresa no sentido de assinarem a transferência de local de trabalho sob pena de, se o não fizeram, não salvaguardarem no futuro, o seu posto de trabalho.

Apelamos aos trabalhadores, cujos direitos estão salvaguardados pelo acordo de empresa e pela lei que não se precipitem a tomar atitudes que poderão revelar-se prejudiciais.

Aguardem a realização do plenário onde todas estas situações deverão ficar clarificadas.

Lisboa, 10 de Setembro de 2020

powered by social2s

SECTOR DE MERCADORIAS

Acção de esclarecimento aos trabalhadores do sector das mercadorias sobre os direitos no ambito das cargas e descargas realizada no dia 15 de Setembro no Centro Logistico de Destribuição em Azambuja , levada a cabo pelo STRUP, conjuntamente com o sindicato CESP.

CLA1CLA2CLA3CLA4CLA5

GOVERNO TEM DE LEGISLAR

Este mês termina o trabalho da Comissão de Acompanhamento da implementação do Acordo Quadro de Cargas e Descargas, onde foi definido um prazo de seis meses para as empresas se adaptarem (entretanto prolongado por mais 3 devido à situação de pandemia que vivemos), àquilo que se comprometeram, nomeadamente:“As operações de carga e de descarga de mercadorias devem ser realizadas pelo Expedidor ou pelo Destinatário da mercadoria consoante se trate de carga ou descarga, salvo nos casos previstos no CCTV ou nos casos em que exista disposição contratual em sentido contrário, os quais devem recorrer a trabalhador ,que não motorista, qualificado e com formação em segurança e saúde para o efeito” (alínea a do ponto 3.2 do Acordo Quadro de Cargas e Descargas).Este ponto reforça o conteúdo do CCTV sobre as Cargas e Descargas, que assume claramente que estas não são da responsabilidade dos trabalhadores motoristas, com excepção das situações previstas na convenção colectiva.

COMUNICADO COMPLETO

powered by social2s

REUNIÃO DE MOTORISTAS TVDE

(29 de SETEMBRO de 2020)

15.00 HORAS

ORGANIZAR O TRABALHO FUTURO

Tal como havíamos anunciado no nosso ultimo comunicado, o STRUP tem como objectivo elaborar um caderno com todas as questões e problemas que se colocam neste subsector de actividade e com base no seu conteúdo, iniciar um debate com todos os grupos parlamentares e outras instituições que de forma directa ou indirecta têm responsabilidade na regulação deste subsector.

Para o efeito vamos realizar uma reunião, aberta a todos os motoristas TVDE, no próximo dia 29 de Setembro (terça-feira) nas instalações do sindicato sitas na Avenida Alvares Cabral, 15 a 21, 1250-015 em Lisboa.

Considerando as medidas impostas pelo estado de emergência, agradecemos que os trabalhadores confirmem a sua presença no sentido de preparar o espaço para a referida reunião. Podem faze-lo por mail (Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.) ou por mensagem para o numero 919786633.

Desde já agradecemos a sua atenção.

Lisboa, 10 de Setembro de 2020

powered by social2s