Convocam-se os trabalhadores da SCOTTURB, a comparecer no plenário de trabalhadores a realizar pelas 20h30m de Sábado, dia 23 de Fevereiro, na Casa Sindical em Rua Padre Manuel da Nóbrega 1-3 no Algueirão Velho.

Com os seguinte ordem de Trabalhos:

  1. Situação Política Social da Empresa;
  2. Ponto de situação processo de negociação Revisão AE SCOTTURB;
  3. Diversos;
 SINTESE DA REUNIÃO DE NEGOCIAÇÕES FECTRANS/SCOTTURB

Hoje, dia 20 de Fevereiro de 2019 a administração da Scotturb, apresentou à FECTRANS, um conjunto de matérias, as quais considera fundamentais para um novo acordo.
Assim, entendem alterar ao regime em vigor as seguintes materias:

  1. Horário nocturno, passando o actual periodo das 20,00 horas às 07.00 horas do dia seguinte para o regime do Código de trabalho ou seja, das 22.00 horas às 06.00 horas;
  2. Mantêm o propósito de alargar o periodo de intervalo para refeição admitindo no entanto, poder ser inferior às 5 horas constantes da sua contraproposta;
  3. Propõem, integrar o sistema de alturas existente na Carris em Lisboa;
  4. Propõem integrar o subsidio de Agente único na tabela salarial correspondente a um valor médio por trabalhador de 100 euros;
  5. Propõem alterar o regime de diuturnidades de 5 em 5 anos para de 3 em 3 anos, a partir de um valor anual correspondente a 3 euros ou seja, 9 euros a cada 3 anos.

Para a globalidade desta proposta, apresentam uma contrapartida de uma tabela salarial para o motorista, no valor de 710,00 euros.

Outras marérias como o dia de aniversário e feriado de carnaval mantem-se em aberto na negociação e em relação ao transporte de pessoal a empresa garante a sua manutenção no futuro.
Relativamente à proposta global apresentada e tendo a FECTRANS solicitado elementos a partir dos quais e com base nos custos reais da empresa fosse possível fazer um avaliação séria do alcance da proposta apresentada, em nome do sigilo concorrencial, tais elementos foram negados.
Este facto não impedirá a FECTRANS de, com base em cálculos feitos por estemativa, apresentar uma contraproposta, ainda antes da próxima reunião, que ficou marcada para o dia 27 de Fevereiro às 15 horas.
Entretanto iremos realizar um plenário com os trabalhadores no qual já pretetendemos fazer a apresentação da nossa contraproposta devidamente fundamentada.
Ainda assim, queremos deixar claro que qualquer pré-entendimento que possa ocorrer neste processo de negociação, este, estará sempre sujeito à ratificação dos trabalhadores.

20 de Fevereiro de 2019
A Comissão Sindical Negociadora

powered by social2s