Imprimir

tst

AOS TRABALHADORES DA TST 
Comunicado abril 2019

UMA GRANDE UNIDADE, UMA GRANDE LUTA, UMA ADMINISTRAÇÃO IRRESPONSAVEL

Não existe pior cego que o individuo que se recusa a ver.

É este o comportamento irresponsável de uma administração que perante as justas reivindicações e perante o descontentamento mais que evidente, se recusa a receber os representantes dos trabalhadores que se têm mostrado disponíveis para estabelecer uma plataforma de entendimento. Mas sem diálogo tal é impossível.

A administração da TST não pode pensar sistematicamente, todos os anos e, de forma continuada, que consegue impor apenas a sua vontade e ignorar a vontade dos trabalhadores.

Os trabalhadores portugueses não precisam de grupos estrangeiros, cujos patrões que os constituem, pensam que podem violar todas as regras instituídas e todos os direitos, particularmente, o direito à negociação colectiva. 

MANTER A UNIDADE E DETERMINAÇÃO – REALIZAR UM GRANDE PLENÁRIO

plenriotst

É importante que o plenário a realizar na sede da empresa, no Laranjeiro, no dia 12 de abril, pelas 10.30 horas, seja um plenário bem participado, que represente mais uma grande demonstração do descontentamento que impera no seio dos trabalhhadores da TST, por um lado, e que proporcione encontrar novas soluções de pressão junto de outras instancias que determinem que a administração da empresa alguma vez pense vencer pelo cansaço os trabalhadores. Para o efeito os sindicatos vão disponibilizar dois autocarros que farão o seguinte percurso com os seguintes horários:

8.00 horas - Broega (oficinas); passam por Palmela (estação), Pinhal Novo (junto pingo doce)

8.45 horas – Setubal (estação); passam por Azeitão (paragem bacalhoa)

A partir de Azeitão 1 autocarro segue para Sesimbra (terminal) e o outro autocarro segue para coina

Até ao Laranjeiro ambos os autocarros farão Fernão Ferro, Fogueteiro, Corroios e finalmente Laranjeiro

grevetst

powered by social2s